TNC no mundo

Papua Nova Guiné

A TNC ajuda comunidades locais a proteger os habitat naturais dos quais elas dependem.

Em Papua Nova Guiné, comunidades indígenas são donas das terras e responsáveis pela gestão de seus recursos há inúmeras gerações. Como resultado, muito do trabalho da TNC no país envolve fortalecer as capacidades da população local para fortalecer práticas sustentáveis na manutenção de suas terras e águas.

Do apoio técnico no cultivo de plantações de cacau à criação de redes de áreas marinhas protegidas no Triângulo de Coral, a TNC está trabalhando com o povo de Papua Nova Guiné para construir um país ainda mais verde.

Conheça algumas das nossas iniciativas em Papua Nova Guiné:

Província de Madang

A maior parte das florestas de Papua Nova Guiné pertence às pessoas, mas muitas comunidades não têm oportunidades de subsistência e se sentem pressionadas a vender seus direitos sobre a terra para grandes empresas madeireiras. A TNC está trabalhando para dar às comunidades da Província de Madang mais opções economicamente viáveis e ambientalmente sustentáveis para a manutenção de suas terras e sua gestão para gerações futuras.

Nesse sentido, a TNC tem incentivado os governos locais a convidar proprietários de terras a fazer acordos de conservação voluntários que protejam seus direitos, bem como suas florestas. A TNC também ajudou comunidades da cidade de Josephstaal a negociar um acordo com o governo nacional para manter as florestas locais longe das mãos de uma grande empresa madeireira.

Para criar benefícios tangíveis para as comunidades, a TNC também ajudou na criação de cooperativas de conservação que cultivam plantações sustentáveis e usam os lucros para financiar a educação e outros serviços básicos na região. Uma dessas cooperativas na região das Montanhas de Adelbert está produzindo o primeiro cacau de Comércio Equitativo certificado do país, gerando renda sustentável para seus membros.

Kimbe Bay

Em Kimbe Bay, a TNC ajudou a criar uma rede de áreas de proteção marinha que busca atender tanto às necessidades humanas quanto aos princípios de resiliência de recifes de corais, para suportar os impactos das mudanças climáticas.

Assim como em várias áreas costeiras do mundo, a rica biodiversidade marinha de Kimbe Bay está em risco em função do excesso de pesca, da sedimentação e dos impactos das mudanças climáticas, como a descoloração de recifes de corais e o aumento no nível do mar.

A equipe da TNC trabalhou com especialistas e parceiros para criar a rede de área marinha protegida na região. Ao proteger recifes de corais resilientes e ligar áreas de proteção marinha através de correntes oceânicas, essa rede garantirá que os recifes de corais sobrevivam ao aumento nas temperaturas do mar e permitirá que larvas de corais de recifes saudáveis substituam aqueles afetados pela descoloração.
 

RSS

Mais recentes

Saiba mais

Panamá
Venezuela

Como Funcionamos
Como Funcionamos

76% Programas de conservação

14% Funções administrativas

10% Arrecadação de fundos e programas de membros