Quem é a TNC?

Histórico

Fundada em 1951, a TNC é uma das organizações de conservação mais antigas do planeta.

1951
A TNC é formada por um grupo de cientistas norte-americanos interessados não só em estudar a natureza, mas protegê-la. Em uma ação que durou uma semana, o grupo arrecadou dinheiro suficiente para salvar 28 hectares ameaçados ao longo do Rio Mianus, no estado norte-americano de Nova York, antes que o terreno fosse vendido a incorporadoras.

1961
A TNC recebe sua primeira doação de terras: um terreno de 2,5 hectares de pântano no Rio Bantam, no estado norte-americano de Connecticut. O proprietário continua tendo a posse do terreno, mas a TNC passa a ter o direito de fazer restrições a atividades danosas ao meio ambiente.

1974
Primeira doação de terra fora dos Estados Unidos: a TNC recebe uma doação de 385 hectares de floresta tropical na ilha caribenha de Dominica, o que nos ajuda a estimular a criação do Parque Nacional de Morne Trois Pitons, com quase sete mil hectares.

1980
A TNC lança seu programa de conservação internacional para identificar áreas naturais e organizações de conservação na América Latina que precisam de assistência técnica e financeira.

1988
Com a compra de US$240 mil da dívida costa-riquenha, a TNC conclui sua primeira operação de troca de dívida por investimentos em ações de conservação, também conhecida como debt-for-nature swap. Dessa forma, apoiamos a proteção do Parque Nacional de Braulio Carillo, na Costa Rica. Nesse mesmo ano, surge a TNC do Brasil.

1989
Com fundos do Congresso dos Estados Unidos, a TNC lança o programa Parques em Perigo, criado para proteger 20 milhões de hectares na América Latina e no Caribe, ajudando organizações sem fins lucrativos e governamentais da região na administração de parques.

1990
A TNC abre seu escritório em Koror, República do Palau, nossa primeira expansão para além do hemisfério ocidental.

1994
A organização expande seu trabalho na América Latina, abrindo um escritório em Brasília.

1995
A TNC adota a Conservação Planejada, uma abordagem ecorregional para definir prioridades de conservação e medir resultados. A organização passa a utilizar essa ferramenta para identificar as áreas mais importantes para conservar a diversidade biológica no hemisfério ocidental.

1999
O número de afiliados à TNC chega a um milhão.

2002
Com um compromisso de US$1.1 milhão por parte da TNC, da Conservação Internacional e do WWF, os governos dos Estados Unidos e do Peru assinam um acordo histórico para proteger dez áreas de floresta tropical cobrindo mais de 10 milhões de hectares na Amazônia Peruana.

2003
Transformando uma falência em oportunidade de conservação, a TNC, a Conservação Internacional e o WWF formam uma parceria com organizações ambientais chilenas para proteger plantas e animais raros em 60 mil hectares de floresta tropical temperada na Cordilheira de Valdívia, no sul do Chile.

2006
A TNC lança seu programa de conservação na África.

2007
A TNC e a Conservação Internacional realizam a maior operação de debt-for-nature swap. A dívida perdoada fornece US$26 milhões em fundos de conservação para florestas tropicais na Costa Rica, identificadas pela TNC como lacunas de conservação.

2008
Mark Tercek, ex-diretor do Centro para Mercados Ambientais do banco Goldman Sachs, assume a posição de Presidente e CEO da TNC em julho.

2010
Em 2010, a TNC ajuda a concretizar um acordo de US$57 milhões para garantir a proteção de 26% das terras da Costa Rica e dobrar a área de reservas de proteção marinha do país.

2011
A TNC completa 60 anos, com um legado de mais de 48 milhões de hectares protegidos em todo o mundo.

RSS

Mais recentes

Saiba mais

Quem é a TNC?
Relatórios anuais

Como Funcionamos
Como Funcionamos

76% Programas de conservação

14% Funções administrativas

10% Arrecadação de fundos e programas de membros